9 passeios imperdíveis no Deserto do Atacama

É difícil descrever em palavras o Deserto do Atacama. Esse é com certeza um dos lugares mais bonitos que eu já visitei. O céu limpíssimo e sempre azul contrastando com os tons pastéis das montanhas, as águas cristalinas e a aventura de estar no meio do deserto são algumas das coisas que fazem com que esse lugar seja tão mágico. Quando tirava uma foto da paisagem, eu olhava e pensava: “essa foto não traduz a beleza desse lugar”, e ficava triste porque achava que ela não estava bonita. Mas quando voltava para o hostel e via os cliques do dia, eu pensava: “uau, essa é a foto mais bonita que eu já tirei”. Por ser um lugar tão incrível e tão enorme, é importante conhecer melhor os passeios que você pode fazer por lá:

1. Valle de la Luna e Valle de la Muerte

WP_Blog_PT_Deserts_1_Abr28

Esses são dois dos lugares mais populares do deserto. São áreas com formações de sal, cânions e rochas esculpidas pela água e vento em um local que já esteve coberto por água do mar. É possível tanto contratar o tour por uma agência na cidade de San Pedro como fazer o trajeto do Valle de la Luna de bicicleta. Quem for mais aventureiro pode fazer trekking pelo Valle de la Muerte ou sandbord nas dunas dos arredores.

2. Valle del Arcoiris

WP_Blog_PT_Deserts_10_Abr28

Se você gosta de geologia, o Valle del Arcoiris é uma boa pedida. O grande ‘tchãn’ da região são as montanhas de várias cores diferentes que se juntam no horizonte. São tons de verde, vermelho, branco e ‘areia’ que, no meio do deserto, dão um ar de ‘Breaking Bad’ ao lugar. Quando fiz esse tour (com guia), entramos em uma formação rochosa estreita que vira uma cachoeira no período de chuvas e paramos lá para fazer um piquenique.

3. Laguna Cejar

Usar roupa de banho no meio do deserto parece estranho, mas é o traje adequado para visitar a Laguna Cejar. Essa lagoa tem 80% de sal na sua composição, o que faz com que você boie sem esforço nenhum (pra você ter uma noção, o mar tem 6% de sal). Só cuidado pra não cair de cara na água (been there, done that), o olho arde bastante, viu! Dica: as pedras no fundo da lagoa machucam o pé, então é bom entrar de chinelo na lagoa. Só não se assuste quando sair de lá, porque você, seu chinelo e sua roupa de banho estarão branquinhos branquinhos de tanto sal quando a água secar.

4. Tour Astronómico

WP_Blog_PT_Deserts_3_Abr28

Quem mora em cidade grande vai ficar encantado com esse tour. Eu, que moro em São Paulo, nunca tinha visto um céu tão limpo e tão cheio de estrelas. O céu do atacama tem a fama de ser um dos mais bonitos do mundo – e, olha, preciso concordar. O Tour Astronômico é feito durante a noite com astrônomos que te ajudam a entender melhor sobre as constelações, galáxias e tudo que você quiser saber sobre o céu.

5. Geysers El Tatio

WP_Blog_PT_Deserts_4_Abr28

O Chile é um dos 5 países do mundo que tem geysers, uma fonte termal que jorra vapor d’água periodicamente. El Tatio é um campo com mais de 80 geysers ativos que se levantam a uma altura de aproximadamente 75 centímetros, sendo que o maior chega a 6 metros! Ah, e não esqueça de levar seu casaco para fazer esse tour, as temperaturas ficam bem baixas na região (mesmo no verão).

6. Lagunas Altiplánicas

WP_Blog_PT_Deserts_5_Abr28

Além de conhecer um vilarejo super charmosinho, o Socaire, você terá uma amostra perfeita do que é o Deserto do Atacama no seu destino principal: uma paisagem incrível com lagoas que refletem os vulcões que marcam a paisagem. O tour também passa pelo Salar do Atacama.

7. Salar de Tara

Esse é um dos tours mais distantes da cidade de San Pedro, mas vale a pena por ter um cenário diferente dos outros. O Salar de Tara tem formações rochosas gigantescas que formam um paredão enorme e, é claro, o salar propriamente dito. Além disso, você verá o contraste de cores maravilhoso que acontece quando as montanhas se misturam com as lagoas, com o céu azulzinho e com o toque de verde da  vegetação da região.

8. Termas de Puritama

Um tour bem relax! Hora de entrar nos poços de águas termais no meio do deserto (sem se preocupar com o frio da região, já que a água é sempre quentinha). Prepare sua roupa de banho e seu chinelinho.

9. Salar de Uyuni

WP_Blog_PT_Salar_Uyuni_Abr28

Eu no Salar! 🙂

Na minha opinião, esse é o tour mais legal e mais completo de todos e um must do para quem viaja ao deserto. Ele é praticamente uma viagem dentro da viagem, já que dura por volta de 3 ou 4 dias. Você pode começar no Chile e terminar na Bolívia; começar na Bolívia e terminar no Chile, ou começar em um país e voltar para o mesmo lugar ao final. O roteiro vai variar de acordo com a agência com a qual você fecha o passeio, mas em geral são bem similares. Você verá várias paisagens similares às dos tours mencionados acima, mas o auge, é claro, é o Salar de Uyuni, o maior deserto de sal do mundo.

Se eu fosse resumir esse lugar em uma palavra, seria “SURREAL”. O salar pode ser visto de duas formas: com o chão de sal ou com o chão alagado em época de chuvas. A experiência é incrível de ambas as formas, mas na minha opinião vale muito a pena visitar na época de chuva. O chão alagado dá um efeito espelhado em que o céu reflete no sal e dá a impressão você está andando nas nuvens. Essa sou eu aí na foto em cima (não deu pra capturar o ‘efeito-espelho’ na foto, mas o chão estava alagado). É incrível! Dica: se você fizer esse tour e não quiser ver coisas ‘repetidas’, recomendo que você faça os tour dos itens 1 ao 5.

E você, já visitou o Deserto do Atacama? Compartilhe sua experiência nos comentários!

Escrito por , jornalista e tradutora que ama conhecer novas culturas e viajar, seja com os livros ou com a mochila nas costas. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *