Roteiro para fãs de Ramones, a banda da cidade de Nova York

Entre as muitas bandas importantes surgidas em Nova York, os Ramones também deixaram a sua marca na Big Apple.

Os Ramones foram uma banda icônica do cenário musical de Nova York, marcando a cidade com a sua história.

Em 1974, no subúrbio novaiorquino de Forest Hills, no Queens, surgia uma das maiores bandas do rock mundial. Já tem alguma ideia? Hoje, a primeira edição do nosso ‘Banda da Cidade’ vai falar de Ramones! Em 22 anos de carreia, a banda lançou 21 álbuns e tocou em mais de 2 mil shows. Descubra o que visitar em Nova York para descobrir um pouco mais sobre as marcas que a banda deixou na Big Apple.

Não dá pra falar no autêntico cenário musical de Nova York sem falar de Ramones. A banda, considerada uma das precursoras do Punk Rock, nasceu com Johnny (guitarra), Joey (bateria) e DeeDee (baixo e vocal). Com o tempo, o integrante Tommy assumiu a bateria fazendo com que Joey comandasse os vocais.  O título ‘The Ramones’ veio do nome falso que o Paul McCartney, dos Beatles, utilizava para fazer check in em hotéis na Alemanha como forma de despistar a mídia. Ramones eram fãs dos Beatles – mas isso já é assunto para outra edição do ‘Banda da Cidade’!

A primeira apresentação do quarteto aconteceu, curiosamente, em um clube de Nova York chamado CBGB (Country Blue-Grass Blue), voltado inicialmente à música country. Ao longo do seu primeiro ano, a banda acabou fazendo 25 shows por lá! O local acabou se tornando mundialmente conhecido como uma referência no cenário do Punk Rock. Com as habituais jaquetas de couro, jeans rasgados e tênis batidos, os Ramones começaram a impregnar a cidade de Nova York com o seu nome e seu estilo irreverente.

Se você é fã da banda e for a Nova York, não pode deixar de visitar alguns lugares icônicos para o sucesso e a história dos músicos. Listamos aqui alguns locais que vão te deixar no clima eletrizante no rock novaiorquino:

East Village

Bairro de Manhattan, berço da contracultura americana dos anos 60 e 70. É por lá que fica o CBGB. Outros grandes nomes da música também marcaram o bairro, como New York Dolls, Iggy Pop e The Velvet Underground. A região está impregnada de histórias interessantes e faz valer a pena um passeio para explorar suas ruas e becos.

CBGB

Hoje, o icônico clube funciona como uma boutique de moda. É possível visitá-la na 315 Bowery Street. Você encontrará uma peculiar mistura entre moda, arte e Rock ‘n Roll nos itens à venda, que dividem o espaço com uma das paredes originais do antigo reduto do Punk que foi preservada.

53rd & 3rd

Esquina que dá nome à música. Para os maiores fãs, vale para tirar uma foto e imaginar as letras da obra homônima dos Ramones. Estar no exato local que inspirou a música pode ser uma experiência incrível!

Placa ‘Joey Ramone Place’

Em 2003, foi instalada uma placa em homenagem ao artista na esquina da Bowery e da 2nd Street. O vocalista, natural de Nova York (nascido na Jeffrey Hyman street em Forest Hills, no Queens) faleceu em 2001 em decorrência de um câncer. Um fato curioso é de que essa é considerada a placa mais roubada da cidade de Nova York! Fãs estão sempre atrás de tê-la como um souvenir e lembrança de seu ídolo. Agora, para evitar furtos, a placa está pendurada a 6 metros acima do chão (o que, na realidade, não eliminou os incidentes por completo).

Enquanto você não vai para Nova York, aproveite para fazer um tour à distância através da música: fica aqui um tributo de Joey Ramone à Big Apple (além do som, é impossível não curtir as ruas da cidade que aparecem no vídeo, né?)!

Foi pra Nova York e visitou algum desses locais? Sabe de mais algum ponto importante na história dos Ramones que você gostaria de conhecer na cidade? Conte pra gente!

Escrito por , Paulistana viajante apaixonada por Jornalismo, música e ver o mundo. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *