Como funciona o serviço de van compartilhada em Nova York

Taxis e carros nas ruas de Nova York. Serviço de van compartilhado em Nova York, a forma mais segura, barata e confortável de ir do aeroporto ao seu hotel.

Das mil coisas que você tem para pensar ao planejar uma viagem, uma delas muitas vezes acaba ficando para a última hora: o transporte do aeroporto para o hotel e vice-versa. Mas quando você considera isso com antecedência, você pode achar uma opção bem mais confortável, segura e mais barata que um táxi. E além disso, se você vai estar de férias, por que não planejar com antecedência para que o seu futuro ‘eu’ possa só sentar e relaxar? A van compartilhada em Nova York é uma ótima opção.

Por ser um serviço compartilhado, ele pode estar sujeito a alguns atrasos e imprevistos, mas o SuperShuttle, a empresa que opera o serviço, vem trabalhando em melhorias importantes no serviço para os clientes do WePlann. Eles estão reorganizando o gerenciamento interno para otimizar os procedimentos de reserva e transporte, além de estarem trabalhando com as equipes dos aeroportos de Nova York e Nova Jersey para melhorar a experiência dos clientes.

Serviço de van compartilhada em Nova York, SuperShuttle, no aeroporto JFK (Foto: Natália Grandi)

Van compartilhada do SuperShuttle (Foto: Natália Grandi)

Essas são algumas das melhorias que estão sendo feitas para os clientes do WePlann nos serviços de van compartilhada em Nova York:

  1. Uma equipe adicional foi contratada e está sendo treinada para suprir melhor as demandas. O treinamento vai estar completo até dia 1 de abril de 2018.
  2. O diretor de operações do SuperShuttle supervisiona várias empresas de transporte diferentes. Se houver algum problema e o veículo do fornecedor não puder chegar na hora, serão utilizados veículos de outras frotas, que podem ser tanto da mesma categoria quanto melhores (como sedans ou SUVs).
  3. Ao invés do número geral do operador, o WePlann fornece no E-ticket o número direto do escritório de envio de carros em Nova York para você se comunicar diretamente com eles de forma otimizada caso haja algum problema.
  4. Câmeras foram instaladas em todos os carros da frota. A empresa tem uma política de zero tolerância com motoristas que dirigem de forma não segura, e todas as filmagens serão revisadas para garantir isso.
  5. Uma nova equipe foi contratada para o aeroporto JFK. O Terminal 8 agora tem funcionários da empresa ajudando os clientes das 12h30 às 22h30, 7 dias por semana. O Terminal 4 tem um funcionário das 10h às 19h, 7 dias por semana. No aeroporto EWR, há um gerente 5 dias por semana para ajudar os clientes quando necessário.
  6. Toda a equipe dos aeroportos recebe um relatório de reservas dos clientes do WePlann que mostra quando os passageiros chegam aos terminais, e todos estão instruídos a auxiliar os clientes como for necessário.

Como utilizar sua van compartilhada em Nova York?

É bem simples. Após pegar suas malas na esteira de bagagem correspondente (na área de Baggage Claim), você deverá se dirigir ao ‘Welcome Center‘ que também pode ser chamado de ‘Ground Transportation Desk‘ (Balcão de Transporte Terrestre). Para chegadas domésticas, o balcão estará dentro da área de coleta de bagagem. Para chegadas internacionais, ele fica do lado de fora; para chegar lá, você deverá seguir as placas que indicam a saída. Ao passar pela porta dessa área, você verá uma parede com uma indicação verde bem grande de Ground Transportation, como na foto abaixo:

(Foto: Natália Grandi)

(Foto: Natália Grandi)

Siga essa indicação e vire à direita. Você verá uma bancada na qual se lê ‘Ground Transportation’, em frente a um letreiro na parede azul que diz ‘Welcome Center’, como na foto abaixo:

Welcome Center, o Ground Transportation Desk do aeroporto JFK em Nova York (Foto: Natália Grandi)

Welcome Center do aeroporto JFK, em Nova York (Foto: Natália Grandi)

Se você fala inglês e consegue entender instruções na língua, você pode fazer o procedimento sozinho e avisar o SuperShuttle que você já tem uma reserva (pre-booked reservation), informando também seu sobrenome ou o número da reserva. Basta pegar um dos telefones pretos de cortesia que ficam à direita do balcão de Ground Transportation e discar o número 29.

Se não souber falar inglês, fale com um dos representantes de casaco vermelho que ficam no balcão. Informe que você fez uma reserva com o SuperShuttle (pre-booked reservation) e mostre seu E-ticket indicando o ‘Booking Number’ nele presente, ou informe o sobrenome utilizado para fazer a reserva. O representante vai avisar a empresa da sua chegada; o veículo geralmente chega em 15-20 minutos. O tempo de espera pode ser maior durante horários de pico, devido a condições climáticas desfavoráveis ou trânsito. Os Welcome Centers geralmente ficam abertos das 5h às 0h.

Logo atrás do Balcão de Transporte Terrestre, há uma salinha na qual você pode sentar para aguardar seu motorista. Lá você pode também carregar seu celular em um dos tótens que ficam logo atrás dos assentos. Seu motorista vai buscá-lo nesta sala, chamando o seu nome (ou o nome sob o qual a reserva foi feita).

Sala de espera por transportes compartilhados e vans do aeroporto JFK, Terminal 8, em Nova York (Foto: Natália Grandi)

Sala de espera do aeroporto JFK, Terminal 8 (Foto: Natália Grandi)

Uma vez que estiver com o seu motorista, ele vai levá-lo até a van. A van é super espaçosa e confortável. Ela comporta até 10 passageiros e tem um porta-malas grande o suficiente para levar suas malas (as mesmas dimensões e pesos permitidos pelas companhias aéreas são permitidos neste transfer). Você poderá ser deixado em qualquer endereço de Manhattan ou Long Island, saindo do aeroporto John F. Kennedy (JFK), La Guardia (LGA) ou Newark (EWR). Se você estiver hospedado em alguma outra área, é melhor reservar o transporte privado. Além de alguns benefícios a mais, nesta opção o motorista pode te levar a qualquer parte de Nova York.

Et voilà! Você será deixado na porta do seu hotel, hostel, airbnb ou residência.

Tem alguma dúvida? Deixe sua pergunta abaixo!

Escrito por Natália Grandi, jornalista e tradutora que ama conhecer novas culturas e viajar, seja com os livros ou com a mochila nas costas. É criadora de Conteúdo no WePlann.

4 thoughts on “Como funciona o serviço de van compartilhada em Nova York

  1. barbara
    02/05/2018 at 19:37

    Natalia boa tarde
    Preciso imprimir o e-ticket ou posso mostra lo no celular?

    1. 03/05/2018 at 19:01

      Oi Barbara!

      Você pode mostrar no celular mesmo. O importante é poder comprovar o número da reserva e o nome utilizado.

      Um abraço!

  2. Sergio Antonio Carvalho
    12/03/2018 at 17:56

    Olá Natália
    Gostei muito das tuas orientações. Bastante práticas e concisas.
    Minha dúvida diz respeito à ocorrência de atrasos no voo. Como deverei proceder?
    abs

    1. 13/03/2018 at 14:19

      Oi Sergio!

      Obrigada pelo seu comentário, fico feliz que tenham sido úteis!

      No caso de atrasos nos voos, a melhor forma de confirmar o transfer é entrando em contato diretamente com o SuperShuttle, no número informado no E-ticket. Assim você pode falar diretamente com um agente da empresa e informar o novo horário de chegada do voo (ou no caso de o seu voo ter sido alterado, informar os novos dados).

      Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *