Dicas de um Venture Partner: entrevista com Juan López Salaberry, Venture Partner de 500Startups

WePlann entrevista Juan López Salaberry, da 500Startups

Nós do WePlann queremos oferecer informações relevantes e úteis a nossos afiliados. Por isso, iniciamos este projeto com entrevistas, podcasts e vídeos com dicas e conselhos que irão ajudar você a otimizar suas páginas.

Se você tem um blog ou um site de viagens, um página de reserva de voos, hospegadem ou aluguel de automóveis, ou ainda um guia de viagens online, hoje é seu dia de sorte: convidamos Juan López Salaberry, Venture Partner 500startups México, para dar conselhos super valiosos.

Conversamos com Juan sobre sua experiência em 500Statups e no mundo do conteúdo online.

Juan, antes de começar, conte um pouco sobre você, sobre sua experiência no mundo online e na 500Startups.

Juan: Toda minha experiência online gira em torno de conteúdo e de content curation.

Em 2007 trabalhei na produção de campanhas de comunicação nas versões impressa e online de meios como International Herald Tribune, NYTimes, The Independent e outros. Fui a lugares como Grécia, Nigéria, Guatemala, México e Peru. Depois, passei a trabalhar para a Kiwi Collection, uma startup canadense que criou um guia com os melhores hotéis do mundo, como Diretor Regional na Inglaterra, cobrindo Europa, Oriente Médio e África. De novo, a content curation era o trabalho principal. Neste caso, para uma empresa que tinha que se diferenciar entre as muitas alternativas para reservar hotéis.

Posteriormente, voltei ao meu país de origem, Argentina, onde abri uma produtora de conteúdo audiovisual e entrei de cabeça no mundo da WebTV, produzindo contéudo. Assim nasceu a DondeQuieras.TV, uma plataforma para a distribuição de conteúdo de produtores independentes que entende as dificuldades do setor para a monetização de seus conteúdos.

Passei também a fazer parte da PopulyGames, empresa de desenvolvimento de jogos para plataformas móveis, como Consultor de Desenvolvimento de Negócios. E voltei ao México para fazer parte da 500Startups, como Venture Partner no escritório da América Latina, onde investimos em empresas focadas em mercados latinos e onde também temos uma aceleradora especificamente criada para a região por onde já passaram quase 50 companhias em pouco mais de um ano.

Que conselho você daría às pessoas que estão começando no mundo online?

Juan: Que façam. Que entrem em ação. O mundo online oferece uma grande plataforma de provas e experimentos que permite que qualquer um possa por em prática suas ideias com pouco capital e uma grande e rápida resposta do mercado. Falhar é normal e serve como aprendizado. Experimentar, aprender, tentar, voltar a aprender e, se tiver sorte, crescer.

Tendo em conta toda a sua experiência, qual é a sua visão geral do online? Como funciona?

Juan: Existem algumas diferenças entre o mundo offline e o online, mas o mais importante é tratá-los como ambientes de negócios com princípios semelhantes. Senão, terminamos achando que os do mundo online são criaturas estranhas de um mundo paralelo e a verdade é que (sem questionar a existência de tais criaturas) também existem criaturas estranhas no mundo offline.

O que quero dizer é que o online tem que seguir a mesma forma de entender os negócios que o offline. É necessário criar negócios REAIS. O ‘online’ tem que ser entendido e definido como um canal de distribuição diferente e não como uma realidade virtual. Se focamos em negócios que tem faturamento ou com um componente claro de monetizaçnao, estamos no caminho certo e podemos falar de NEGÓCIO. Ainda que essa informação tenha um alto componente de pragmatismo, para a maioria das pessoas é mais fácil ter um negócio real que permita faturar, gerar empregos e pensar em escala, do que construir a próxima aplicação de fotos.

No Brasil, os blogueiros se tornaram os maiores formadores de opinião da internet. Como a blogosfera está se desenvolvendo no México? Você acredita que este é o momento para ter um blog especializado para o mercado mexicano?

Juan: Os blogueiros sempre ocuparam um lugar muito especial dentro da internet já que cada um deles pode ter um grande impacto em seus grupos de referência e seguidores, seja no Brasil, no México ou em qualquer outro lugar do mundo. Sempre é o momento de se ter um blog especializado!

Na minha ótica pessoal, o mais importante em um blog é desenvolver uma voz própria e não perder a honestidade. Acho que os blogueiros que tem mais audiência e que tem mantido essa audiência, tem em comum um critério e uma coerência que se mantem através de seus posts e que geram vínculos tão fortes que tem grande influência sobre os leitores (como em tudo, é muito difícil construir uma reputação e muito fácil perdê-la.

Para você, qual é a chave para que um blogueiro rentabilize seu conteúdo? Quais são os passos a seguir? Qual a melhor opção?

Juan: Existem vários métodos de monetizar o conteúdo e não apenas UM único que seja o correto. De acordo com a audiência, a quantidade de leitores, a indústria à qual se refere, os parceiros com os que se trabalha e muitos outros fatores, é possível criar um mix perfeito. O Importante é entender o SEU negócio para otimizar esse resultado. Possivelmente, o primeiro passo seja entender isso: o seu objetivo. No caso do turismo, por exemplo, as alternativas podem ser, e não de maneira excludente, banners, reservas referidas, marcas brancas, post promocionais e mais. Como tudo: quanto mais tráfego, mais possibilidade de rentabilizar seu conteúdo.

Um último conselho para nossos afiliados.

Juan: O conselho que me vem à cabeça para qualquer blogueiro é que se concentrem em algo que de que gostem muito por que realmente isso é o que será notado pelo leitor e é o que faz com os blogs com maior audiência sigam crescendo a cada dia. Uma vez que o conteúdo seja o que queremos, também pode ser interessante estar em dia com as técnicas de crescimento de tráfego e crescimento de audiências para poder analisar o que é feito. Um bom lugar de referência é http://growthhackers.com/. Lá é possível encontrar conselhos e tendências de experts sobre tema.

Depois de ler estas palavras de Juan, nós do WePlann ficamos com o seguinte resumo: a Internet é a terra das oportunidades onde, por um custo de praticamente zero, qualquer um pode iniciar um negócio. O que é o complicado? Ter um objetivo claro com um foco de negócio real e uma voz própria que te ajude a criar vínculos. Não existe uma formúla mágica para aumentar o seu tráfego. O segredo é conhecer sua audiência e seus resultados, melhorar e tentar: o conhecido método “tentativa e erro”. É necessário explorar o mundo online e, se você o fizer bem, ele irá recompensá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *