Conheça a história da comunidade gay de San Francisco

Se hoje o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legal nos Estados Unidos, muito se deve à comunidade de San Francisco. O casamento gay foi legalizado pela Suprema Corte dos EUA em 26 de junho de 2015, marcando essa data que coincidiu com a 45ª Pride Celebration, a Parada Gay da cidade.

Dentre os bairros que marcaram história está Castro, que ficou conhecido como a “Meca dos Gays”. Ele era habitado pela classe trabalhadora branca (especialmente de descendência irlandesa) até 1960; no entanto, durante a Segunda Guerra Mundial, muitos soldados gays, dispensados do exército por sua orientação sexual, se estabeleceram no local.

Bairro de Castro (Foto: Flickr | Creative Commons | kim smith)

Confira uma linha do tempo com alguns dos fatores que tornaram San Francisco “A Capital Gay da América”, definição dada para a cidade pela revista Life em 1964.

1908 – Primeiro bar gay em San Francisco

Apesar de terem havido outros bares gays na cidade, nenhum deles foi visível como o The Dash, o primeiro bar abertamente gay no qual os garçons se vestiam de mulheres. O bar foi fechado logo em seguida.

1955 – Primeira organização de lésbicas

Fundada em San Francisco, a Daughters of Bilitis foi a primeira associação política e social de lésbicas dos EUA.

1962 – Primeira associação de negócios gay

A Tavern Guild era uma organização composta por donos de estabelecimentos gays e boêmios. Essa foi a primeira associação de negócios abertamente gay e proporcionou uma das primeiras estruturas organizacionais para a comunidade homossexual.

1968 – Primeira organização de orientação transsexual

Depois da primeira revolta de transgêneros registrada nos EUA em 1966, que aconteceu quando a Compton Cafeteria não queria deixá-los entrar no seu estabelecimento, foi criada uma rede serviços sociais, psicológicos e médicos para transgêneros, a National Transsexual Counseling Unit (NTCU) ou Unidade Nacional de Orientação Transsexual, a primeira organização do tipo no mundo.

1970 – Primeira Parada do Orgulho Gay

Parada Gay de San Francisco em 2010 (Foto: Flickr | Creative Commons | Keoki Seu)

No final do mês de junho de 1970, a primeira Parada Gay (Gay Pride) aconteceu no Golden Gate Park; era a primeira marcha por direitos gays do mundo.

1977 – Primeiro político Gay de San Francisco

Harvey Milk foi o primeiro político gay a ser eleito em San Francisco, tornando-se membro do Conselho de Supervisores da cidade.

1978 – Primeira bandeira gay de San Francisco

A bandeira de arco-íris como símbolo do movimento gay foi criada por Gilbert Baker, um artista de San Francisco, como resposta à demanda dos ativistas. Ele desenhou a bandeira com oito listras de cores diferentes: rosa, vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta.

1982 – Primeiros jogos gays

Essa foi a primeira iniciativa de jogos com atletas homossexuais. Foram mais de 1.350 participantes de 10 países que competiram em 17 modalidades no Kezar Stadium.

1983 – Primeira organização política bissexual

Foi fundada em 1983 a BiPOL em San Francisco, a mais antiga organização política bissexual.

2004 – Primeira Marcha Trans e primeiro casamento gay

Casamento de Del Martin e Phyllis Lyon em San Francisco, CA. (Foto: Wikimedia Commons | Creative Commons | NickGorton)

Casamento de Del Martin e Phyllis Lyon em San Francisco, CA. (Foto: Wikimedia Commons | Creative Commons | NickGorton)

A Marcha Trans de San Francisco é o maior evento de orgulho transgênero da cidade e um dos maiores do mundo, que vem acontecendo anualmente desde 2004. Também nesse ano foi concedida a primeira licença para casamento entre pessoas do mesmo sexo. Del Martin e Phyllis Lyon, co-fundadoras da Daughters of Bilitis, foram as primeiras lésbicas a se casarem nos EUA.

Escrito por , jornalista e tradutora que ama conhecer novas culturas e viajar, seja com os livros ou com a mochila nas costas. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *