Como economizar nas passagens de avião?

Como encontrar passagens aéreas baratas

Existem centenas de buscadores de voos baratos na internet… mas será que valem mesmo a pena? Os preços que aparecem nos resultados de busca são os valores finais ou ainda podemos nos deparar com alguma surpresa na fatura do cartão de crédito? Estamos realmente economizando ao utilizar um buscador de voos? Aqui vão algumas dicas para garantir que reservar o seu voo seja um processo fácil e que, acima de tudo, não pese no bolso.

1. Use buscadores de voos

Alguns buscadores, como Skyscanner, Submarino Viagens, Decolar ou Viajanet, te remetem diretamente aos dados das companhia aéreas e permitem que a reserva da passagem seja feita no próprio buscador.

Outros, como o Kayak, te direcionam a diversos buscadores de voos diferentes para que você possa comparar qual site encontra o melhor preço para a sua passagem. A variedade acaba sendo muito maior!

Os alertas de voo dos buscadores são uma ótima funcionalidade. Inscreva-se nesses sites e crie alertas para as datas e destinos de seu interesse: você receberá as ofertas por e-mail quando surgir alguma promoção que se encaixe no que você procura.

2. Compare preços

Ao encontrar um bom preço no seu buscador preferido, não deixe de compará-lo com o valor que aparece no site da própria companhia aérea do voo. Considere as taxas a serem incluídas nos preços apresentados pelo buscador e faça as contas!

3. Planeje quando comprar

Para viagens internacionais, o período indicado para a compra gira em torno de 5 meses antes da data de embarque. Para as nacionais, 4 meses de antecedência geralmente garantem as tarifas mais baixas. Evite a todo custo comprar as passagens na semana da viagem: os preços costumam subir em 40%!

Os maiores descontos geralmente aparecem no começo semana: os melhores dias para comprar são terça e quarta! Além disso, vale lembrar que os preços costumam variar, em média, 3 vezes ao dia.

Vale a pena visitar o mesmo site mais de uma vez – lembrando de limpar os cookies do seu navegador, já que muitas vezes eles armazenam os dados da sua última busca e acabam mostrando preços mais altos depois, na tentativa de tentar te convencer a comprar imediatamente.

4 Planeje quando voar

Domingo é, geralmente, o dia mais caro para voar. Escolha reservar passagens com saída às terças, quartas ou sábados: costumam ser as tarifas mais baixas!

Planeje também o aeroporto: considere sair de cidades vizinhas, que podem oferecer passagens por valores bem abaixo dos principais aeroportos e, muitas vezes, até disponibilizar transfers gratuitos para o aeroporto mais próximo de você. Um exemplo para São Paulo é o aeroporto de Viracopos, em Campinas, que costuma ter mais voos promocionais do que Congonhas, na capital.

5. Prepare-se para as taxas e encargos

Cuidado com os resultados dos buscadores! Os valores exibidos não costumam incluir as taxas de embarque que, dependendo do destino, podem ser bastante altas. Você pode evitar esse tipo de surpresa comprando no site da própria companhia aérea ou em sites que mostram os preços finais do voo, como é o caso do Skyscanner.

Esperamos que esses simples toques tenham sido úteis. Qual é a sua experiência de compra de passagens aéreas?

Escrito por , paulistana viajante apaixonada por Jornalismo, música e ver o mundo. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *