Roteiro: uma semana em Miami

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Gabriel Kaplan)

Miami é um destino multicultural cujo universo turístico está em constante crescente. Repleta de atrações artísticas, gastronômicas e ao ar livre, além de ser embalada por uma atmosfera alegre e festiva, a cidade mais latina dos Estados Unidos também encanta seus visitantes por conta do clima quente e da agitada vida noturna. Segundo relatório publicado pelo Greater Miami Convention & Visitors Bureau, cerca de 20.7 milhões de turistas aterrissaram no aeroporto internacional de Miami em 2014. Aproveite tudo o que a cidade oferece em uma semana e entenda por que ela é tão popular (veja também o itinerário de um dia e de três dias em Miami!).

Dia 1

Manhã, tarde e noite

(Foto: Flickr | CC BY-NC 2.0 | Gorazd Božič)

(Foto: Flickr | CC BY-NC 2.0 | Gorazd Božič)

Comece sua viagem para Miami com uma visita ao terceiro maior parque nacional do continente. Considerado um patrimônio mundial, o Everglades é a maior área subtropical desabitada dos Estados Unidos com cerca de 1.5 milhões de acres. Faça caminhadas, canoagem, ciclismo, passeios de barco e, no fim do dia, acampe! Você vai viver a experiência completa do parque. E uma dica: observe a variedade da fauna e flora enquanto passeia pelo mangue, pela floresta de pinheiros e pelo Sawgrass (pradarias costeiras). O Everglades é habitat para espécies raras ou ameaçadas de extinção, como o peixe-boi, a pantera da Flórida e o crocodilo americano.

Dia 2

Manhã

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Daniel X. O'Neil)

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Daniel X. O’Neil)

Pela manhã, visite o jardim botânico de Miami. É uma ótima forma de se adaptar à cidade aos poucos, depois de passar o dia anterior inteiro em contato com a natureza. O jardim abre de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. Ao passear por lá, preste atenção na variedade de palmeiras e pomares e na beleza das bromélias e orquídeas. Em seguida, conheça o emocionante memorial do Holocausto, que está localizado ao lado do jardim. O Holocaust Memorial abre diariamente, às 9h30. Fundado por um pequeno grupo de sobreviventes em 1984, surgiu como forma de lembrar o genocídio do povo judeu. Na época, havia cerca de 25 mil sobreviventes no sul da Flórida.

Tarde

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Ed Webster)

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Ed Webster)

Cafés, restaurantes, boutiques e centenas de lojas estão concentrados ao longo da Lincoln Road Mall. Apesar do nome, o local é uma via a céu aberto exclusiva para pedestres. Além dos estabelecimento, é possível encontrar galerias fechadas pelo caminho.  Passear por lá é irresistível, porque a rua tem opções para todos os gostos e bolsos.  Você encontrará marcas famosas, como Burberry, Gucci ou Jimmy Choo, assim como grandes lojas de departamento, tais quais Bloomingdale’s ou Macy’s. Prepare o cartão de crédito e vá às compras!

Noite

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | michellebflickr)

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | michellebflickr)

Bares, restaurantes e casas noturnas. Hora de entrar de vez no clima badalado de Miami! Muito frequentada por jovens e turistas, a Ocean Drive é uma boa pedida para quem curte uma vida noturna agitada e, principalmente, gosta de dançar! Passeie pela charmosa via, localizada em South Beach, observe o jogo de luzes dos neons e, se calha, ponha os pés nas areia. Divirta-se com o movimento!

Dia 3

Manhã, tarde e noite

(Foto: Flickr | CC BY-ND 2.0 | NPCA Photos)

(Foto: Flickr | CC BY-ND 2.0 | NPCA Photos)

Além do Everglades, Miami conta com mais um parque nacional que você não pode deixar de conhecer. No entanto, diferentemente de outros parques nos Estados Unidos que podem ser explorados de carro ou a pé, o Biscayne tem 95% de seus 172 mil acres submersos. Portanto, passeios de barco e mergulho são as melhores formas de conhecer as águas cristalinas, o recife e a vida aquática do local. Além de ser o maior parque marinho do continente, protege uma das mais extensas áreas de recifes de coral do mundo, o mais longo trecho de floresta de mangue na costa leste e parte do arquipélago de ilhas da Flórida (Florida Keys).

Dia 4

Manhã

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Iring Chao)

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Iring Chao)

Conhecido pela curadoria provocativa, o Museum of Contemporary Art (MOCA) tem como objetivo tornar a arte contemporânea acessível para todos. Fundado em 1981 em uma modesta galeria, reabriu em 1996 no espaço em que se encontra hoje – que foi projetado pelo arquiteto Charles Gwarthmey, responsável também por renovar o Guggenheim em Nova York. Focado na descoberta de novos artistas, na valorização das melhores obras contemporâneas e suas influências históricas, o museu mantém uma agenda de exposições ativa ao longo do ano. Ao todo, realiza entre oito e dez exibições, sempre buscando novas abordagens na análise da arte de nosso tempo. Passe a manhã por lá!

Tarde

(Foto: Flickr | CC BY-SA 2.0 | Pietro Valocchi)

(Foto: Flickr | CC BY-SA 2.0 | Pietro Valocchi)

Aproveitando que você estará na região de North Miami, conheça o Haulover Park. Este é um belo parque da cidade que tem acesso ao mar. Diferente da movimentada Miami Beach, é um local agradável para curtir a tarde e a praia com sossego. No início da praia, é comum ver crianças e famílias. Ali, o mar é mais calmo. Já na outra ponta da praia, o nudismo é permitido (e o mar é mais bravo). Com areia branquinha e um mar cuja coloração vai tirar o seu fôlego, a praia da região é realmente encantadora!

Noite

(Foto: Flickr | CC BY-SA 2.0| Pietro & Silvia)

(Foto: Flickr | CC BY-SA 2.0 | Pietro & Silvia)

O Española Way é uma via repleta de restaurantes e bares com música ao vivo. O charmoso local, que abrigou casas da elite da cidade nos anos 1920 e cassinos frequentadas por figuras notórias como Al Capone, foi cenário para filmes como Miami Vice e The Specialist. Geralmente, quando há muito movimento, a rua é fechada para que os pedestres possam caminhar tranquilamente! Passeie por ali à noite e relaxe depois desse dia intenso.

Dia 5

Manhã

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | VISIT FLORIDA Editor)

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | VISIT FLORIDA Editor)

O Pérez Art Museum Miami (PAMM) se dedica totalmente à arte moderna e contemporânea internacional dos séculos 20 e 21. Projetado pelo premiado escritório suíço de arquitetura Herzog & de Meuron, que também projetou o famoso Estádio Nacional de Pequim, o museu tem uma área semelhante ao Metropolitan Museum of Art, em Nova York e suas galerias têm mais de 3 mil metros quadrados. Instalado no Museum Park, em frente ao Biscayne Bay, desde 2013, o edifício tem sido parte ativa na revitalização do bairro e na integração de sua comunidade. Tire a manhã para desvendar suas obras e explorar a região!

Tarde

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Phillip Pessar)

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Phillip Pessar)

Referência das artes em Miami, o Wynwood Art District concentra mais de 50 galerias de arte. No entanto, a maior atração da região é uma das maiores instalações de arte urbana ao ar livre do mundo, a chamada Wynwood Walls. Concebida em 2009 por Tony Goldman, as pareres grafitadas surgiram com o objetivo de valorizar o gênero artístico e revitalizar o local repleto de grandes armazéns. Sem janelas, as paredes das construções se tornaram gigantes telas para renomados artistas de rua do mundo inteiro.

Noite

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Yi Su)

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Yi Su)

Conheça a AmericanAirlines Arena, a sede do Miami Heat – time de basquete da cidade que integra a liga norte-americana de basquete profissional. O espaço de entretenimento conta com uma tecnologia audiovisual de ponta que supera as expectativas do público.  Confira a agitada agenda e programe-se para fazer a sua visita! É um lugar fantástico para presenciar uma partida da NBA ou um espetáculo.

Dia 6

Manhã

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Vera Caruso)

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Vera Caruso)

Miami também é famosa por conta de suas praias. Portanto, nada mais justo do que passar a manhã em South Beach. Este é o distrito mais badalado de Miami, que conta com diversas opções de restaurantes, lojas e atividades ao ar livre. Destaca-se por estar sempre movimentado, seja por pessoas se bronzeando na areia ou tomando um drink no final do dia. Sugerimos que caminhe na orla pela manhã, observe as fachadas ao estilo Art Decó dos edifícios da região e curta a praia.

Tarde

(Foto: Flickr | CC BY-SA 2.0 | Reinhard Link)

(Foto: Flickr | CC BY-SA 2.0 | Reinhard Link)

Desde 2005, o Miami Dade College (MDC) realiza exposições em sua Freedom Tower. Ali, o público tem a chance de conhecer tanto a impressionante coleção de obras de artistas emergentes quanto de nomes renomados da arte moderna, pós-moderna e contemporânea. Localizado em Downtown Miami, próximo ao Pérez, esse museu é considerado uma das principais instituições de artes visuais do país. Com mais de 1.900 obras em sua coleção, também realiza shows e palestras. A entrada para todos os evento é sempre gratuita. Não tem desculpas para não ir!

Noite

(Foto: Flickr | CC BY-NC 2.0 | Sean_Marshall)

(Foto: Flickr | CC BY-NC 2.0 | Sean_Marshall)

Em sua primeira noite em Miami, sugiro que você entre no clima baladeiro da cidade e viva a sua vida noturna. As casas e bares mais requisitados se localizam pelos arredores de South Beach. Não é difícil cruzar com algumas celebridades ou com pessoas extravagantes pelo caminho! Cameo, SL Miami, Nikki Beach Club e Grand Central estão entre os clubes mais populares. Dance a noite inteira!

Dia 7

Manhã

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Iliyan Gochev)

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Iliyan Gochev)

Conheça o Bayfront Park e aproveite para realizar algum exercício! O local é ideal para caminhadas e para andar de bicicleta. De frente para o mar, garanto que a sua manhã começará da melhor forma possível. É um ambiente agradável, super relaxante e bonito. Quem sabe você não dá sorte e participa de uma aula de yoga em sua visita?

Tarde

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Keyne Charlot)

(Foto: Flickr | CC BY-NC-ND 2.0 | Keyne Charlot)

A população de origem cubana é a quarta maior entre os subgrupos hispânicos nos Estados Unidos e se concentra principalmente no estado da Flórida e em Miami. Intensificado em 1965, o fluxo migratório para a cidade promoveu o surgimento de um bairro cujo nome faz referência a capital de Cuba, Little Havana. Reconhecida internacionalmente, a culinária local atrai milhares de turistas por ano. Explore o bairro e não deixe de provar alguns quitutes, como as empanadas e os patelitos.

Noite

(Foto: Flickr | CC BY 2.0 | Bob B. Brown)

(Foto: Flickr | CC BY-ND 2.0 | Bob B. Brown)

Ainda no clima latino, recomendo um festival que acontece toda última sexta-feira do mês em Little Havana: o Viernes Culturales (ou Cultural Friday). Localizado ao redor do Maximo Gomez Park, também conhecido como Domino Plaza, o evento reúne artistas locais e traz shows de música ao vivo. O festival vai das 19h às 23h e é ideal para famílias. Com 15 anos de história, a iniciativa surgiu com a intenção de estimular o bairro a preservar sua cultura latina.

O que mais você faria se tivesse uma semana em Miami? Comente abaixo e ajude-nos a deixar este roteiro o mais completo possível!

Ah! E não deixe de conferir nossos roteiros de uma semana para Nova York, San Francisco e Las Vegas

Escrito por . Cidadã do universo, jornalista e escritora, que ama qualquer tipo de viagem e comida. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *