Como encontrar os voos mais baratos?

Quem viaja com frequência geralmente tem rituais próprios para procurar passagens baratas. Mas se você não sabe exatamente como começar a pesquisar, aqui vão algumas dicas de weplanner para encontrar voos com o melhor preço disponível.

Antes de tudo, você precisa ter em mente o quanto quer dosar conforto e preço. Você pode encontrar passagens mais baratas para Nova York se estiver disposto a fazer uma escala de 14 horas no Panamá, por exemplo. Mas para quem tem pouco tempo de viagem, essa pode não ser uma opção viável. Algo para se ter em mente é: compare maçãs com maçãs e laranjas com laranjas. Não adianta comprar os preços de um voo direto com o preço de um voo com escalas longas e nem voos em alta temporada com voos em baixa temporada.

Flickr - Creative Commons (CC BY-NC-SA 2.0) - themactep

Flickr – Creative Commons (CC BY-NC-SA 2.0) – themactep

Então comecemos com três pontos básicos que vão fazer sua viagem ser mais barata. Eu sei bem que às vezes não dá pra seguir esse checklist – e mesmo assim a gente quer encontrar um preço bom, né? Não se preocupe, tem dicas pra você também mais pra frente.

  • Não deixe para a última hora. Deixar para reservar duas semanas antes é furada. O ideal é comprar com 6 meses de antecedência para destinos internacionais e 3 meses para destinos nacionais. Eu pessoalmente nunca fiz um bom negócio ao esperar o preço abaixar, então o meu conselho é ir acompanhando as tarifas das passagens e comprar assim que encontrar uma promoção ou um preço favorável.
  • Seja flexível com a data e horário. De acordo com o Estudo Anual de Passagens de 2016 da Momondo, o dia mais barato para se viajar é terça-feira e o dia mais caro é sábado. Também é mais barato viajar durante a noite. Além disso, é sempre mais barato viajar em baixa temporada.
  • Fique atento para sites que adicionam impostos apenas ao final da compra. Às vezes você pode achar que está fazendo um bom negócio, mas na verdade não viu o preço cheio. Eu gosto de usar o Kayak para buscar passagens porque ele já inclui os valores cheios logo na primeira busca.
  • Compre as atividades mais baratas com o WePlann. De nada adianta comprar uma passagem barata se o resto da sua viagem custar os olhos da cara, né? Não esqueça de reservar as atividades com os melhores preços para os maiores destinos globais no www.weplann.com.br.

Agora é a hora de botar a mão na massa! Segue a listinha para o sucesso:

1. Abra uma guia anônima para fazer a busca

Os sites de companhias aéreas utilizam os cookies armazenados no seu computador para cobrar um preço maior baseado no seu interesse pela passagem. Se você procura passagens aéreas com muita frequência para determinado destino, essa informação fica armazenada no seu computador e as companhias podem utilizá-la para aumentar o preço. Para evitar que isso aconteça, além de limpar seus cookies e seu histórico, você pode utilizar a guia anônima do seu browser. Assim você garante que os preços não estão mais altos de acordo com o seu ‘histórico internético’.

2. Utilize buscadores de passagens aéreas

Antes de procurar passagens nos sites das companhias aéreas, busque em sites como Momondo, Kayak, Skyscanner e Google Flights. Eles comparam os preços das maiores companhias e mostram as opções de acordo com os seus filtros: data, horário de partida e chegada, classe do voo, tempo de escala… Geralmente o que eu faço é buscar o preço em um desses sites e em seguida ir no próprio site da companhia aérea para verificar o mesmo voo. Às vezes ele está até mais barato, considerando que os buscadores cobram taxa de serviço.

Skyscanner, aplicativo de busca de preços em voos

Skyscanner, aplicativo de busca de preços

Além disso, eu gosto de usar um aplicativo chamado Hopper. Nele você seleciona o local de partida, destino e data da viagem e pode criar um alerta com essas informações. Ele vai te mandando notificações sobre a variação do preço, seja para baixo ou para cima. Ele também analisa o histórico dos preços para o local selecionado e faz uma estimativa de quanto o valor deve abaixar nos próximos meses. O coelhinho que é o símbolo do app sempre te dá uma dica do que fazer: esperar os preços abaixarem ou reservar agora. Se você colocar um alerta, o aplicativo te manda um alerta quando os preços estiverem bons e for a hora de comprar.

HopperHopper, aplicativo de busca de preços em voos

Hopper, aplicativo de busca de preços

Uma vantagem dos buscadores online é que você pode flexibilizar a data de ida e volta para ver os melhores preços no período selecionado. Você também pode colocar alertas nesses sites, mas eles não avisam com tanta frequência e com tanta precisão como o Hopper. Por outro lado, um ponto negativo do Hopper para mim é que não é possível selecionar a margem de horário para o qual você quer o voo (nos buscadores online você pode fazer isso).

3. Monitore passagens pelas redes sociais

Uma outra dica é seguir páginas do Instagram como Passagens Imperdíveis. Ative as notificações para receber um aviso toda vez que essas páginas fizerem postagens, assim você fica sempre por dentro das promoções. Fique de olho também nas redes sociais como Facebook e Twitter das companhias aéreas para acompanhar as promoções relâmpago.

4. Compre voos de madrugada

Novamente, minha primeira dica é: monitore as passagens que você quer comprar por vários dias, em horários variados. A minha conclusão (e a de vários especialistas) é que é mais barato comprar de madrugada. Se você fizer uma busca no horário de almoço, os preços serão mais caros do que a mesma busca realizada entre meia-noite e 5h. Além disso, pesquisas apontam que os preços abaixam às terças-feiras, que é quando as companhias aéreas lançam ofertas para obter a ocupação máxima dos seus voos.

5. Acumule milhas

Se você faz muitas compras com cartão de crédito, já é um motivo para começar a pensar em acumular milhas. Você pode fazer parte de programas como o Sempre Presente, do Itaú, no qual você acumula pontos a cada compra e pode trocar por milhas depois. Você pode também pedir um cartão exclusivo da companhia aérea pela qual você viaja mais. A Azul e a TAM, por exemplo, têm opções de cartão personalizados; com eles, você acumula ainda mais milhas a cada compra.

Para isso, é importante que você escolha qual companhia aérea é mais vantajosa para você. Não adianta começar acumular milhar com a TAM para decidir voar com a Gol. Até porque quanto mais você viaja com a companhia, mais milhas acumula a cada viagem. Por isso que se chama programa de fidelidade (hãn, hãn, entendeu?).

6. Assine as newsletters das companhias aéreas

Descubra quais são as companhias aéreas que fazem mais viagens para o seu destino, entre nos respectivos sites e assine as suas newsletters. Você receberá emails cada vez que uma promoção surgir e terá mais chances de conseguir um voo barato.

E aí, tem mais dicas? Histórias para compartilhar? Deixe seu comentário!

Escrito por , jornalista e tradutora que ama conhecer novas culturas e viajar, seja com os livros ou com a mochila nas costas. É criadora de Conteúdo no WePlann.

6 thoughts on “Como encontrar os voos mais baratos?

  1. 13/02/2017 at 10:13

    bom o artigo

    1. 23/03/2017 at 12:36

      Oi, Janete! Obrigada pelo seu comentário! :)

      Um abraço,
      Natália

  2. 16/03/2017 at 20:36

    Interessante.

    1. 23/03/2017 at 12:35

      Oi, Edgar! Obrigada pelo seu comentário, fico feliz que tenha gostado. :)

      Um abraço,
      Natália

  3. 22/03/2017 at 14:31

    Ótimas Informações

    1. 23/03/2017 at 12:35

      Oi, Patrícia! Obrigada pelo seu comentário! :)

      Um abraço,
      Natália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *