Conhecendo Washington em um dia saindo de Nova York

Capitólio, Washington D.C., visitado durante tour à cidade saindo de Nova York

Capitólio, Washington D.C. (Foto: Natália Grandi)

Uma das coisas que eu mais gostei de fazer na minha viagem a Nova York foi um tour a Washington D.C.. Por ser a capital dos Estados Unidos, a cidade é um marco político. Lá você encontra pontos importantíssimos da história do país e pode entrar em contato com a cultura americana de forma mais direta. Eu fiz um tour guiado, com guia que falava português. Foi um jeito muito simples de visitar D.C. sem ter que me preocupar em traçar um itinerário para mim mesma. Eu pude conhecer os pontos mais importantes da cidade neste passeio que durou cerca de 13 horas, partindo de Manhattan pela manhã e voltando à noite.

O ônibus sai de uma das avenidas mais importantes de Manhattan e segue por cerca de quatro horas em direção a Washington D.C.. No caminho, fizemos uma parada em um lugar em que foi possível comprar algo para comer e usar o banheiro.

Arlington Cemetery, parte do tour saindo de Nova York a Washington D.C.

Arlington Cemetery (Foto: Natália Grandi)

A primeira parada é no estado de Virgínia, no Cemitério de Arlington. Essa visita é muito interessante, porque o cemitério é muito diferente dos que estamos acostumados a ver no Brasil. Todas as lápides são simples, com inscrições em pedras de mesmo tamanho, posicionadas de forma simétrica ao longo da grama.

Antes de começar a visita, entramos em um prédio que conta um pouco da história do cemitério, que foi criado após a guerra civil americana, dedicado a quem prestou serviços nacionais. Após essa introdução, o guia nos levou para conhecer o cemitério. Passeamos por entre suas diferentes áreas e visitamos o monumento dedicado a John F. Kennedy, cuja lápide está no Cemitério de Arlington.

National Mall com Washington Monument ao fundo

National Mall com Washington Monument ao fundo (Foto: Natália Grandi)

O tour continuou para o National Mall (em português, Passeio Nacional), um grande parque que conta com diversas esculturas, memoriais e museus famosos. Lá está o Washington Monument, o obelisco mais alto do mundo. Não chegamos a entrar no obelisco e nem parar na frente, mas de longe foi possível tirar ótimas fotos. Nem todos delimitam o National Mall da mesma forma, mas geralmente considera-se que ele vai desde o Capitólio até o Lincoln Memorial.

Memorial da Guerra da Coreia em Washington D.C.

Memorial da Guerra da Coreia (Foto: Natália Grandi)

Visitamos também o monumento dedicados à Guerra do Vietnã e à Guerra da Coreia. O primeiro é uma grande parede que tem os nomes das pessoas que morreram no combate. O guia contou vários detalhes e curiosidades interessantes, como o fato de que os nomes que tinham uma cruz ao lado são de pessoas cujos corpos não foram encontrados. O segundo monumento conta com a lista de todos os países que lutaram na guerra e os nomes das pessoas que morreram durante a guerra, além de estátuas que representam os combatentes.

Em seguida, fomos para o Lincoln Memorial, um lugar que você provavelmente já viu por fotos ou em filmes. É lá que fica a estátua de Abraham Lincoln sentado em um trono. A arquitetura do lugar é maravilhosa e a escultura é impecável. A escultura fica voltada para a entrada do memorial, em direção ao Washington Monument. Entre o Lincoln Memorial e o Washington Monument, há um grande lago. As fotos dessa área ficam sempre maravilhosas, é tudo pensado nos mínimos detalhes e as vistas são sem igual!

Lincoln Memorial, no National Mall em Washington D.C.

Lincoln Memorial (Foto: Natália Grandi)

 

Após ver a estátua de Lincoln, subimos novamente no ônibus para visitar o outro lado do National Mall. Tivemos um tempo livre para almoçar e visitar as atrações que quiséssemos da área. Eu decidi visitar o United States Botanic Garden e o National Museum of the American Indian, ambos gratuitos. Como a parada não é muito longa, consegui ver pouco do museu, então é bom pesquisar as atrações do National Mall com antecedência para não precisar decidir na hora. Eu adorei visitar o jardim botânico! Eu amo a natureza então foi uma ótima escolha para mim, mas o museu que eu recomendo visitar é o Smithsonian National Air and Space Museum. A entrada nos museus geridos pela Smithsonian Institution é gratuita.

United States Botanic Garden, em Washington D.C.

United States Botanic Garden (Foto: Natália Grandi)

National Museum of the American Indian em Washington D.C.

National Museum of the American Indian (Foto: Natália Grandi)

Uma vez que o tempo livre acabou, o grupo se reuniu novamente para visitar o Capitólio. Neste tour, só é possível ver o exterior do Capitólio, que te proporciona fotos como esta:

Capitólio em Washington D.C.

Capitólio (Foto: Natália Grandi)

Por fim, o tour faz uma parada na frente da Casa Branca para que os visitantes tirem fotos. Ao longo do tour, o ônibus passou na frente de outros monumentos interessantes, como o de Martin Luther King Jr., Jefferson Memorial, Department of Commerce, prédio de arquivos nacionais e FBI – mas não paramos para visitá-los. O guia, no entanto, explicou vários fatos sobre todas essas localidades, em especial sobre aquelas que nós paramos para visitar.

Casa Branca em Washington D.C.

Casa Branca (Foto: Natália Grandi)

Além de ter muita história, Washington D.C. é uma cidade lindíssima! Se você não tem muito tempo para visitar a capital, eu recomendo muito fazer este tour. É uma forma de enriquecer sua viagem e conhecer mais sobre os Estados Unidos gastando apenas uma manhã e uma tarde. Ainda sobra tempo pra fazer outras coisas de noite! Se está com viagem marcada a NYC, não esqueça de reservar o tour a Washington D.C. com antecedência!

Escrito por Natália Grandi, jornalista e tradutora que ama conhecer novas culturas e viajar, seja com os livros ou com a mochila nas costas. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *