Tudo sobre o West End de Londres

Se você gosta de teatro e musicais, muito provavelmente já ouviu falar do West End londrino. Essa região da capital inglesa pode ser comparada à Broadway de Nova York e é conhecida principalmente pela sua enorme oferta de teatros – e também por ser um dos centros de atrações turísticas, gastronomia, cultura, hotéis e shoppings.

O que fazer no West End

– Teatro

Os teatros de Londres são divididos entre West End, Fringe, The National Theatre (NT) e o Shakespeare’s Globe. Quanto se trata de West End, o que dá fama à área é sua cena teatral. Ele abriga por volta de 40 teatros, sendo que a maioria dos espetáculos são musicais, peças e comédias. Como diz o próprio nome, as produções do West End ficam concentradas na parte oeste de Londres, geralmente no Leicester Square, na Strand Avenue e Shaftesbury Avenue. Alguns teatros ficam em outros lugares, como Victoria (mesmo sendo outra região, os teatros de de Victoria são classificados como West End por causa do seu tamanho e investimento). Lá você encontra superproduções comerciais com capacidade para 250 a 2.500 espectadores. Alguns shows em cartaz atualmente incluem Wicked, O Rei Leão, Billy Elliot, A Fantástica Fábrica de Chocolate, Les Miserables, Cats e Matilda.

Os teatros da área Fringe são menores e suportam entre 40 e 400 espectadores, geralmente. Essa área é também chamada de Off West End, já que muitos dos teatros ficam localizados no próprio West End, mas têm uma capacidade menor. Os preços são menores e a experiência é mais intimista, já que você consegue ficar mais próximo dos atores.

The National Theater (NT) e o Shakespeare Globe Theatre são duas das companhias de repertório mais famosas de Londres (que são companhias nas quais há um repertório de espetáculos definido que é apresentado em rotatividade). Muitas dessas peças são de autores desconhecidos. Nesses teatros, os roteiristas se arriscam mais, e as produções que fazem muito sucesso podem ser transferidas para o West End. The Shakespeare Globe Theater tem apresentações de abril a setembro, sendo que a maioria das peças é de Shakespeare (deu pra inferir pelo nome, né?).

Leicester Square (Foto: Flickr: CC BY-NC-ND 2.0 | grahamvphoto)

Leicester Square (Foto: Flickr: CC BY-NC-ND 2.0 | grahamvphoto)

– Museus e galerias

Além de espetáculos incríveis, o West End é conhecido por abrigar alguns dos museus e galerias mais importantes de Londres. The National Gallery, The National Portrait Gallery, The Royal Academy of Arts e o London Transport Museum são os mais populares.

– Compras

Lá você encontra de tudo, desde lojas de departamento a lojas de marcas conhecidas internacionalmente. A Oxford Street é a rua mais famosa para compras, com meio milhão de pessoas que a visitam diariamente e cerca de 300 lojas, entre elas Topshop, Zara, Pandora e Swatch. Regent Street, Bond Street e St. Christopher’s Place também são bons lugares para compras. A loja de departamento Liberty, que fica no bairro Soho, é uma boa pedida. Não deixe de explorar todos os arredores! E se você visitar a cidade durante o inverno, procure prolongar sua estadia até o Natal. A Oxford Street e várias ruas ficam todas decoradas e iluminadas com milhares de luzes. A Parada de Ano Novo também acontece nas ruas do West End.

Oxford Street

Oxford Street

– Vida noturna

Para dançar a noite toda no West End, o Cafe de Paris e o Tiger Tiger são boas opções. O Soho é a área que tem mais opções quando se trata de bares e baladas (dá até pra comparar a região à Rua Augusta, na cidade de São Paulo). E prepare também seu celular para tentar tirar uma selfie, porque a região é muito frequentada por atores e atrizes de Hollywood.

– Restaurantes

O West End é ideal tanto para quem quer comer em um restaurante chique quanto para quem prefere algo mais simples.  Para culinária asiática, visite a Chinatown. Se você quer fazer da sua ida ao teatro um verdadeiro evento, visite o Covent Garden’s Opera Quarter, a área que tem os melhores restaurantes pré-espetáculos de Londres. Outras ótimas opções são o Pescatori para frutos do mar, Jamie’s Italian e Spaghetti House para comida italiana e Rules para comida britânica.

– Transporte

Como você deve ter percebido, o West End é uma região realmente bem grande. “E como faço para me locomover nessa área?”, você pode perguntar. Andar é sempre uma boa opção, porque além de ajudar com a saúde, vai te fazer conhecer de verdade todos os cantinhos de Londres. Mas se essa não for muito a sua praia, você sempre pode pegar um ônibus (e tirar fotos, já que o double deck bus é um ícone da cidade), metrô ou até mesmo alugar uma bike pelo  London Cycle Hire Scheme. Se você vai ficar na cidade por mais de um dia, vale a pena comprar o Visitor Oyster Card, o ‘bilhete único’ de Londres. Pense bem no meio de transporte: você não vai querer chegar atrasado no espetáculo que for assistir no West End!

WePlann_Blog10nov_PT_HerMajestysTheatre

Her Majesty’s Theatre

Escrito por , jornalista e tradutora que ama conhecer novas culturas e viajar, seja com os livros ou com a mochila nas costas. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *