Transfer em Miami do aeroporto ao hotel e viceversa: Como funciona?

Traslado Miami aeroporto

Skyline de Miami visto da baía.

Se você é uma daquelas pessoas que conta os dias que estão faltando para aquela viagem, certamente você tenta ter tudo organizado antecipadamente. São muitas coisas! Conferir as passagens, hospedagem, ingressos e muito mais. Entre tudo isso podemos esquecer (e me incluo nisso) algo muito importante; um transporte seguro e certificado para te levar confortavelmente ao hotel, hostel ou airbnb. Na minha última viagem à Flórida, optei pela opção mais barata em Miami, uma van compartilhada. Essa opção é ideal para quem quer economizar e para quem viaja sozinho – cobrir o preço de um táxi é caro.

Decidi usar esse transfer compartilhado, mas achei que seria difícil encontrar minha van no aeroporto porque era a primeira vez que eu viajava para Miami. Para minha surpresa, foi muito simples e hoje vou contar como esse serviço funciona e se vale a pena ou não.

Chegando ao aeroporto

via GIPHY

Eu tive uma surpresa quando cheguei ao Terminal E porque (na minha experiência), quando você sai do avião você quase imediatamente encontra a área de imigração, e não foi esse o caso. Este terminal é o único do aeroporto que precisa de um trem para conectá-lo. Você deve pegá-lo para chegar à primeira área.

Áreas pelas quais você deve passar

A primeira área é “Controle de Passaporte“. Para ir do Terminal E, pegue o skytrain e desça na Estação 3. Chegando nessa área você encontrará algumas máquinas (quiosques) onde terá que escanear seu passaporte. A mesma máquina imprime um ticket que você precisará para a migração.

Traslado Miami aeroporto

A segunda área é a Migração, havia muitas pessoas fazendo fila, à primeira vista eu pensei que levaria séculos para sair de lá, mas não, foi realmente muito rápido. Peguei minhas malas e fui para a saída do aeroporto.

Como encontrar a van?

Deixando a área de bagagem no Terminal E você verá grandes janelas de vidro, vá para o estacionamento, como referência, não importa em qual terminal você chegar, siga sempre as placas que dizem “Ground Transportation” (que significa Transporte Terrestre), lembre-se: você tem que chegar a algum estacionamento.

Traslado Miami aeroporto

Chegando ao nível do estacionamento, encontrei um pequeno balcão do SuperShuttle e de dentro pude ver que já havia vans estacionadas e pessoas com suas malas esperando por seus transfers assim que saí.

Traslado Miami aeroporto

Este foi o pequeno balcão que eu encontrei, ao lado, havia uma porta para sair para o estacionamento.

Quando saí para o estacionamento, vi outro módulo do SuperShuttle e pessoas atendendo aos viajantes. Lá, eles pediram o meu número de reserva e é isso. Minha van chegou em 5 minutos, eles pegaram minhas malas e eu subi junto com outros viajantes. A van tem capacidade para 10 pessoas, no meu caso, nós éramos apenas 6.

Traslado Miami aeroporto

Chegando ao seu destino

O que é diferente nesses transfers (shuttles compartilhados) é que elas deixam os viajantes em seus hotéis e, dependendo de onde seja seu destino, você pode não ser o primeiro a descer. Com isso em mente, calculei que levaria pelo menos uma hora e meia para chegar ao hotel; acabou não sendo assim, meu hotel era em Miami Beach e em 35 minutos cheguei lá.

Traslado Miami aeroporto

(Foto: Alejandra Ramirez)

Vale a pena esse transfer em Miami?

E agora, o que eu acho desse shuttle? Vale a pena?

Totalmente! É uma excelente opção; segura, profissional, fácil de encontrar e econômica. Pessoalmente, eu admiro aqueles que usam o transporte público com suas malas e gastam apenas cerca de 10-15 dólares, mas para mim, é melhor ser deixada na porta do hotel, ainda mais se é a minha primeira vez em um destino, neste caso, o transfer me custou 17 dólares (nada mal, na minha opinião).

Reserve aqui sua van compartilhada em Miami!

Espero que tenha ajudado, viajantes! Foi muito simples. Você já usou este serviço? Como foi? Conta para a gente nos comentários!

Se está planejando sua viagem, confira nossos roteiros de 1 dia, 3 dias e 7 dias em Miami!

Escrito por Alejandra Ramírez. Comunicóloga, cinéfila viciada em pipoca e dog lover. É criadora de Conteúdo no WePlann.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *